a seleção artificial

Uma História sobre os Mosquitos
André J. Torres

Era uma noite quente de primavera, e como qualquer noite quente de primavera os mosquitos conspiravam em mistério.
"MALDIÇÃO! Por que diabos existem os mosquitos?!”, dizia Johnny Boy.
"Está bem, pequeno. Vou contar-lhe uma história sobre os mosquitos", respondeu Uncle Darwin com um pigarreio e uma xícara de chá.

"Há muito tempo atrás havia dois tipos de mosquitos: Os que existiam, e os que não existiam. E assim, como reza a Seleção Natural... – Os olhos de Uncle Darwin pareceram brilhar por um instante ou dois. Continuou – Os mosquitos que existiam eram, naturalmente, melhor adaptados ao ambiente, e portanto se reproduziram e tão logo perpetuaram os genes da existência pelo planeta. Fim”.
“E é por isso, Johnny Boy, que não somos picados por mosquitos que não existem". O velho naturalista apagou as velas e deixou o quarto.

"Eu odeio você, Uncle Darwin", concluiu Johnny Boy em pensamento.
“Eu desejo que você queime no inferno”.

Mais tarde naquela noite o pequeno Johnny teve pesadelos Lamarckistas.

Nenhum comentário: